12/05/2011 Marcinha 6Comentário(s)

Para os amantes de um friozinho, nada como passar a lua de mel em Bariloche.

A minha lua de mel também foi em Bariloche no inverno.

Este post será mesclado com fotos da minha viagem de lua de mel e da viagem da minha noiva e agora casadinha Marcelle e Carlos Vinícius !

Bem-vindo a San Carlos de Bariloche, comumente chamado Bariloche, localizado na Patagônia Argentina, na costa sudeste do Lago Nahuel Huapi.

O nome Bariloche provém da língua mapuche, e significa “povo de trás da montanha”. Isto porque seus primitivos habitantes, os índios mapuches, eram originários do outro lado da Cordilheira dos Andes.

 

 

Posso dizer que vale a pena ir tanto no inverno como no verão, conheço a cidade nas duas estações e sempre tem algo diferente para fazer …

No verão, o sol nasce às 7h da manhã e se põe às 9h da noite, com temperatura de 31°C durante o dia ( quente mesmo ) o que te permite aproveitar com passeios aos lagos , rios , e no outono e inverno o friozinho que faz ao entardecer é a melhor coisa que tem para você conhecer os famosos fondues .Na primavera, as tulipas que invadem a cidade vão te conquistar.

 

 

Aqui a Marcelle e o Carlos Vinícius no famoso restaurante Familia Weiss.

As águas claras e cristalinas, as montanhas altíssimas e os glaciares imponentes deixam atônitos a todos os visitantes.

A paisagem está rodeada por colinas, madeiras e montanhas cobertas de neve, junto aos lagos e rios

 

 

 

 

O principal centro de ski se encontra no Cerro Catedral. Lá existem aulas de ski, snowboard para principiantes , aluguel de roupas e equipamentos. Você passa o dia inteiro brincando… mas vou dizer não é nada fácil esquiar ! rs

Uma dica: não fique nas primeiras estações onde está todo o pessoal, lá a neve é super dura ( gelo mesmo ) vá para as estações mais altas que tem menos gente e a neve é mais fofa !

Ah e não deixe de fazer o sky bunda , vc aluga pranchas pequenas , senta em cima e desce a montanha numa velocidade incrível ! Melhor que “ tentar “ esquiar!

 

 

 

Sempre no final de cada estação de esqui vc pode saborear um delicioso chocolate quente nas cafeterias . Este casal de amigos foi convidado a ir conosco na nossa lua de mel ! E eles aceitaram ! Acreditem ! De dia queríamos companhia ! E foram bons momentos que passamos juntos !

 

 

 

Um hotel gostoso para ficar é o http://www.lacascada.com/ segundo a noiva Marcelle foi ótimo !

 

 

Nós preferimos ficar em uma pousada super aconchegante no centro mesmo de Barilhoche chamada Adquintue pois como ficávamos o dia inteiro fora só chegávamos a noite mesmo para descansar … O quarto tinha calefação em todo o piso! Uma deíicia! E a hospitalidade dava gosto !

De dia não podia deixar de comer o chocolate mais “esquisito”

 

 

Esta é uma pequena amostra de uma sugestão maravilhosa de lua de mel! Recomendo a todos !

 

6 comentários em “Bariloche

  1. Mas prepare-se: ninguem vem de Bariloche sem se contagiar de um mal que todos sentem ao voltar: DEPRESSÃO PÓS-BARILOCHE, kkkk… Uma saudaaaade d lá… uma vontaaaaade d voltar… Avemarelo!!
    Aproveitem. Vale a pena e façam um ineskecível passeio. Quero saber o q acharam e como tá a depressão, hehehehe…!!

  2. Outra dika: Se estiver em Buenos Aires, vá de lá a Bariloche de ônibus. É! De ônibus. Essa é a preferência d muitos turistas, pelas belas paisagens q se vêem no caminho. Dura umas 20 horas, mas se for num ônibus d 2 andares, tente comprar no andar d cima e pegar as butacas ( proltonas ) bem da frent. Viaje com os pés no vidro e veja todo o caminho como numa tela d cinema. É mais barato e além do mais é um dia sem se pagarem diárias d hotel. As fotos q fiz na strada stão entre as mais lindas. E a entrada de Bariloche por terra é repleta dos mais belos lagos q já vi. Cheguei a ver animais nativos da Patagônia atravessando a pista.

  3. Recomendo também o Gran Hotel Panamericano, de frent para o lago Nahuel Huape, barato, apesar de luxuoso ( fui na Decolar.com várias vezes pela madrugada, quando as promoções saem das tocas, e encontrei nesse hotel diárias de R$ 103,00. Durant o dia esse valor passava dos 300,00). Ah! Leve um cartão d memória a maispara sua câmera, e bateria sobressalente, pois no frio elas descarregam mais rápido, dizem os entendidos no assunto. Chegue cedo ao Cerro Catedral, pois do contrário não dará tempo fazer o cadastro para eskiar. E leve muita roup p usar por baixo; assuma o look "cebola", com várias capas, roupa por cima d roupa pra aguentar – capriche apenas na última, pra suas fotos não saírem deselegantes, rsrs…. E meias grossas.

  4. No começo de agosto é que a neve começa a fikar forte mesmo, mas aí é tudo branco, seja na cidade baixa ou na montanha. Ah! Vale salientar que prefiro chegar no começo do período d neve. Por que? O bom é a anciedade: vai nevar ou n vai? Fikar sperando que drrepent caia neve é mais encantador q eskiar. E a surpresa de vê-la caindo aos poucos, quando menos se espera, brankinha, não tem nada que supere. Essa sensação de ver a neve a primeira vez é uma coisa mágica, faz a gent virar criança outra vez! Pretendo voltar ano que vem, 2012, e, mais uma vez, no fim de julho pra agosto, garantia de neve.

  5. Nossa! Bariloche é inesquecível! Conheci esse lugar encantador no ano passado. __*DICAS a quem ainda não foi:__Pegue exatament o período em q a neve tá só começando. Assim, é possível eskiar e aproveitar a neve à vontad na montanha, porém curtir a cidade baixa com sua paisagem normal, friinha, mas sem a neve (isso foi do dia 27 de julho até o dia 02 de agosto).__

    1. Olá Jefferson, estou viajado dia 07/08 e volto dia 18/08. Vou chegar em barioche dia 11 e saindo dia 16. Estou aniciosa..irei com meu marido e filho e meus sogros + um casal de amigos..imagine. Sou apaixonada por Bariloche mesmo sem nunca ter ido…por mim moraria lá adoro frio. Adorei suas dicas!!!!!
      Acho que vou ter a tal de epre Bariloche……kkkk!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.